25 de agosto de 2008

[ ... a beleza que aprisiona ... ]


Pois bem ...
Este será meu grito contra tudo aquilo que se faz necessário hoje na vida! Mas em especial à beleza.
No mundo em que vivemos levamos desvantagem até se não estamos encaixados nos padrões de beleza exigidos pela sociedade! Puta que pariu! Eu sou feio, caralho!!!

Se você não se encaixa a estes padrões você fatalmente não será bem recebido socialmente nos lugares "bacanas", não terá a mesma atenção que o gatinho com aquele piercing na sobrancelha e aquela tatoo no braço, saca?
Ou pior! O cabra feio não pode sequer trabalhar em determinados estabelecimentos (e não tô nem falando do ramo de moda). Vocês por acaso já viram alguém de fato feio na C&A? Certo que não tem galã de novela lá (às vezes até tem, depende da loja), mas no geral o cidadão tem uma aparência plausível.

Francamente ...
Eu tô fudido! Já perdí 5 anos da minha vida (durante os quais só fiquei mais feio), não sei se ainda consigo ser alguém algum dia ou ter algo na vida! Certo que posso tentar algo com os estudos, mas isso não muda o fato de eu ser, além de feio, burro, vazio, estúpido e nada interessante. No fim eu sempre acabo solitário e de mãos vazias.
Eu só me fodo nessa merda!
Sonhos?! Hoje os chamo de utopia (é bem mais aceitável assim).
Postar um comentário