12 de dezembro de 2012

Vem chegando o Natal


Nem tive tempo de decorar minha casa para as festas de final de ano. Apesar de nunca haver festas de final de ano aqui em casa, eu sempre a decoro ou decorava, né? [risos]

Ando tão exausto que nem penso mais em qual será o tema da decoração de Natal deste ano. Até cheguei a pensar em usar todos os meus brindes do McLanche Feliz e pendurar na árvore, mas a ideia ficou só no papel mesmo. Fica a dica pra quem ainda não armou seu tradicional pinheiro de plástico na sala. 

Mas vamos falar de coisa boa! Vamos falar de música! Natal não é Natal sem os clássicos hits de final de ano com gostinho de filme tosco da Sessão da Tarde, né? Então dei Ctrl+C Ctrl+V na listinha da CCM Magazine deste mês de Dezembro e aqui vai a trilha para seu "Natal Sem Simone 2012" (:


  • # 10 Joy To The World cantada por Lincoln Brewster*
  • # 9 Thank You Christmas cantada pelo The Sunrise*
  • # 8 New Day cantada pelo Green River Ordinance*
  • # 7 Little Drummer Boy também cantava pelo Green River Ordinance*
  • # 6 O Holy Night cantada por King's Kaleidoscope*
  • # 5 Love Has Rescued Me cantada por Casey Corum & Friends*
  • # 4 Call Him Jesus cantada por Julie Elias*

*Todas as músicas acima podem ser baixadas gratuitamente aqui

E meu Top 3 do Natal 2012:




E essas são minhas dicas de final de ano! Se eu não tiver mais tempo de escrever por aqui, desejo a você que ainda me lê, um Feliz Natal e um 2013 (se o mundo não acabar dia 21) MARAVILHOSO!

Cuidado com o que deseja! Você pode conseguir!


Planejar algo com 12 meses de antecedência é exagero? Não considero que seja, mas é certo que as coisas não podem sair como esperado com uma margem tão grande. Um ano é tempo suficiente para uma pessoa mudar de opinião dezenas de vezes, principalmente se esta pessoa sou eu!

Em Dezembro de 2011 já existiam rumores de que Madonna viria ao Brasil em 2012 com uma nova turnê, mesmo sem ter lançado um novo álbum (MDNA só seria lançado em Março do ano seguinte). Como eu perdi todas as minhas chances em 2008, fiz deste evento meu propósito pessoal e praticamente tudo aquilo que eu precisava e queria para 2012. Não ter visto a Sticky & Sweet Tour foi bem triste pra mim, mas não fiquei tão abalado porque algumas coisas estavam começando a dar certo na minha vida. Tinha acabado de começar num novo local de trabalho, mesmo local este que me proporcionaria ver a MDNA Tour este ano.

Meus sentimentos para quem viu Madonna ao vivo e um show internacional pela 1ª vez não foram tão empolgantes. Apesar de eu nunca ter presenciado um espetáculo de tal proporção, minha reação não foi a que eu esperava. Concordo que a turnê é gigantesca e dispõe de recursos sofisticadíssimos que eu nunca tinha sequer pensado em ver, mas o showzinho que a Jaci Velasquez fez em Pedras com ingresso a R$5 foi muito mais emocionante, sabe?

Eu comecei a broxar com essa turnê logo quando as primeiras imagens foram divulgadas e eu vi o maldito Golden Triangle. Na teoria um espaço feito para que os fãs tenham uma experiência marcante e confortável. Acontece que a dinâmica deste show é bem diferente da última turnê que Madonna fez aos 50 anos, Sticky & Sweet (2008). Agora com 54 ela volta mais teatral do que nunca e o show pede mais atenção que empolgação. É literalmente um show para ser visto sentado com poucos momentos altos. E justamente por ser um espetáculo mais digno, ele pede mais introspectividade. Na minha opinião quem pagou Premium se fu... legal! A não ser que você tenha conseguido uma pulseirinha para o Golden Triangle, sua visão do evento não foi muito boa. Sem contar no que você passou esperando e torcendo pra Madonna não atrasar o show. Como se não bastasse o sorteio do GT nem ter chegado até a fila Premium, Madonna atrasa (como sempre), temos que aguentar um DJ péssimo e ela ainda faz a gentileza de encurtar um show que já é 15 minutos menor que a última turnê. E eu ainda paguei caro para passar por tudo isso. Me pergunto o quão idiota eu sou!

O show nem é ruim. Ele pode até chegar a ser ÓTIMO se você o viu de outra perspectiva (no GT, por exemplo). Apenas acho que deveria ter esperado até o DVD/BD sair e ver no conforto do meu lar. Gastaria menos e teria mais prazer. Apesar de tudo a viagem valeu pelas pessoas que nem esperava conhecer e acabei conhecendo. 

18 de novembro de 2012

Já fez 1 ano!


Há exatamente um ano atrás eu estava realizando um sonho que julgava ser extremamente improvável: ver um show ao vivo da Jaci Velasquez. Uma cantora norte americana de origem latina e cristã que deixou minha adolescência mais bonita e agradável e ajudou a formar meu gosto musical pela Música Cristã Contemporânea.

O melhor não foi o show, mas a surpresa e aventura após o evento. Consegui encontrá-la e conversar um pouco, além de fotografar e ter meus álbuns autografados. Um momento único, mágico e que vou sempre recordar com muito carinho e gratidão. 


25 de setembro de 2012

Harry Potter e o Cálice de Dublin

Daniel Radcliffe foi visto e convidado a celebrar a vitória do time de futebol The Dublin Minors (que não era campeão desde 1994) em uma festinha bem particular. Mas vamos ao que interessa, né? As fotos da comemoração:


Harry Potter e o Cálice de Fogo?






Festa de arromba, né?

22 de setembro de 2012

100FACE


A partir da meia-noite de hoje vou começar a percorrer um desafio. Vou pra rehab social e passar 100 dias (até 1º de janeiro de 2013) 100FACE.

Feeds e compartilhamentos já estão desativados. Em poucos minutos vou desinstalar os apps do smartphone. O que será de mim nestes próximos 100 dias é desconhecido. O que farei com o tempo que não estarei logado na rede de Mark Zuckerberg é uma incógnita.

Na verdade, estou aceitando o desafio para ter algo do que falar por aqui. Para ter o que falar por aqui, terei que fazer algo bem interessante. E se esse conjunto de coisas me levarem a realizar algo relevante já valerá o sacrifício.

19 de setembro de 2012

12 anos de "Music"

Um dos meus álbuns preferidos da Madonna faz 12 aninhos hoje. E parece que foi ontem que a Rainha do Pop apareceu usando camiseta com nome da Britney Spears e Kylie Minogue.

Music não teve uma turnê só dele, mas foi responsável por ótimos pocket shows e performances em diversas premiações. Além de ter trazido as lindas  Paradise (Not For Me) e Gone, possui uma das batidas mais gostosinhas de Madonna: Amazing. Também é dele o momento que mais gosto da Drowned World Tour (2001):



Happy birthday, Music!

6 de setembro de 2012

Um "Motel" bem feitinho, bonitinho e chatinho (ou não?)

Após uma longa espera dos fãs e recalcados, a Banda UÓ finalmente lança seu álbum de inéditas e autorais. Trazendo seus padrinhos Pedro e Gorky (Bonde do Rolê) por trás da produção e Preta Gil participando de uma faixa, o disco tem letras divertidas e vocais limpos e bem mixados. Tem batidas bem diferentes do esperado. Seguiu uma linha "séria", mas mantendo a descontração nos versos e nas sutis referências.
Eu amo os fofos da UÓ, mas não me animei nadinha com o disco. As únicas faixas que me empolgam são Faz UÓ (ótima escolha para 1º single) e a CLÁSSICA Vânia. Vou lançar a campanha "Vânia para 2° single da UÓ", seguida da campanha "Queremos Single de 'Vânia (Uncensored)' com verso ' ... o tamanho da piroca faz a Vânia enlouquecer ... '"

Resumindo ... Não é ruim, não foi o esperado, foi diferente, foi gostosinho. Como uma ida ao Motel. Foi bom pra você?

Jaci Velasquez canta Bob Marley em novo álbum "só para baixinhos"

Dia 4 de Setembro de 2012 foi lançado na iTunes Store o mais novo álbum de Jaci Velasquez. Com esse projeto reflexo de uma vida mais familiar, Jaci se aventurou numa copilação de regravações. São músicas populares, sucessos de outros intérpretes e novas versões de baladas de seus antigos trabalhos. TODOS EM VERSÕES DE CANÇÕES DE NINAR!


O resultado foi um lindo álbum em espanhol chamado Buenas Noches Mi Sol. São canções de ninar bem produzidas para bebês e refinadas com a celestial voz de Jaci. Um dos destaques fica com a 2ª faixa do álbum, Tres Avecitas, versão do sucesso Three Little Birds de Bob Marley. Outra faixa que vale a pena ter uma atenção especial é a belíssima versão de Smile do gênio Charles Chaplin. Ficou muito fofa e quase me convenceu a gastar US$9,99 em mais um álbum digital. E vocês não tem noção de como é um materialista como eu pensando em pagar por dados!

O disco trás ainda versões inéditas em espanhol e com um toque de "Jaci só para ninar baixinhos" dos sucessos de álbuns anteriores. São eles: You (Jaci Velasquez), God Loves You (Touched By An Angel), Un Lugar Celestial (Heavenly Place) e Good Morning Sunshine (Diamond).

Achei fofo, achei lindinho, achei que Jaci está realmente levando bem a sério a sua maternidade. 
God bless Nic Gonzáles!

3 de setembro de 2012

De olhos no novo álbum do TobyMac

Fazia um bom tempo que não ouvia coisa nova de músicos que curto. Acho que última vez que me empolguei com algo foi no começo do ano com os lançamentos do MDNA (Madonna) e Diamond (Jaci Velasquez). Sim, não precisa de muita coisa pra me impressionar. Não entendo porque gosto, só sei que amo!

Um dos músicos da Christian Music que respeito e admiro além de Michael W. Smith e Amy Grant (que já são ícones), sem dúvidas é TobyMac. Este conseguiu sair das sombras de um grupo (dcTalk) que acabou e alcançar uma relevância dentro da música Cristã, Pop e R&B. Com um som bem urbano, ele vem se atualizando a cada novo trabalho e me surpreendeu com Eye On It.

O novo álbum de TobyMac já saiu há algum tempo, mas só tive a oportunidade de ouvi-lo hoje e já quero a minha cópia, se possível autografada! Vale a pena dar uma olhada e curtir faixa a faixa. Seguem alguns destaques:

Me Without You: Foi escolhida para ser o primeiro single. Não é a melhor do álbum na minha opinião, mas não posso negar que é bem gostosinha e de fácil aceitação. Soa um pouco diferente do som que o Toby faz, mas foi uma mudança positiva.

Eye On It: A música que dá título ao álbum tem batida, tem ritmo, tem elementos que ainda não tinha visto Toby usando em seus discos (nem mesmo nos remixes). Lembra até Will.I.Am e em alguns momentos a gente acha que a Fergie vai entrar destruindo arrasando. Vale muito a pena ouvir e bater cabelo na dance floor igreja!

Forgiveness: Bem a cara do Toby. Lembra hits como Irene e Lose My Soul. Forte candidato a 2° single.

Unstoppable: Mais uma bem produzida e que lembra de cara hits dos milhares de feats. do David Guetta e CIA. TobyMac sabe bem o que faz e faz muito bem. Tem a participação do Group 1 Crew e uma turma de produtores que entende de música urbana. Uma coisa meio que em busca da batida perfeita.

Lose Myself: A batida continua gostosinha ...

O "Eye On It" vem uma duas versões. Standart com 12 faixas e um álbum duplo Deluxe com mais 6 remixes que te farão pecar dançar na presença do Senhor :). Recomendo! O RMX de Lose Myself é uma coisa The Wanted ... Alguém me seguraaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
E vou nem comentar da lojinha oficial dele ... Escondam meus cartões de crédito!

29 de abril de 2012

O que é que tá acontecendo com as "boy bands" britânicas, gente?

Dia desses estava revendo um video dos anos 90 da famosa boy band Take That. Quem nunca cantarolou How Deep Is Your Love, não é verdade? Sem falar que foi do Take That que saiu o porra louca do Robbie Williams.

Passados mais de 20 anos desde o sucesso do Take That, nos deparamos com uma nova realidade no Reino Unido. Uma boy band quase girl band e, praticamente, gay band. Saida de um reality show que vem fabricando grandes sucessos em popularidade em toda a Grâ-Bretanha, como Olly Murs por exemplo, veio o One Direction.

Tenho visto muitas fotinhas de procedência duvidosa desses adolescentes com cara MESMO de crianças e resolvi ouvir a musiquinhas deles. Não resistí e até curti a animação infanto-juvenil. Mas prefiro o homoerotismo rasgado e apelativo usado pelo Take That nos anos 90.

Se vocês não conhecem nenhuma dessas bandinhas mencionadas nesse post, eu recomendo uma olhadinha só para fins comparativos! 

   
Take That - "Do What You Like"

 
One Direction - "One Thing"

Errata: How Deep Is Your Love é cover do Bee Gees. A música a qual queria me referir e não conseguia lembrar qual era é na verdade Back For Good. Quem nunca?

Português "bunitinho" cantando Give Me All Your Luvin' da Madonna

Fiquei encantadinho com ele *_*


E parece que o garotinho já participou da versão do Ídolos de lá. Possui vários videos em seu canal no YouTube e posa de modelinho nas suas fotinhas do Facebook. Seu nome é Paulo Sousa e também está no Twitter e no Tumblr.

26 de abril de 2012

Procura-se estes atores desesperadamente!

Poderia esperar um momento propício para falar sobre este clássico dos anos 80, como o aniversário de lançamento ou coisa parecida, mas quero falar dele hoje!


Com todo o furacão Madonna começando aqui no Brasil por um show que só veremos em Dezembro, comecei uma maratona de videos, filmes e shows da Rainha do Pop. Hoje ví mais uma vez "Procura-se Susan Desesperadamente" (1985) e tive a curiosidade de pesquisar como estão os protagonistas após 27 anos! Alguns envelheceram bem. Outros, nem tanto. Vamos dar uma olhadinha?


1º Aidan Quinn (Dez)
 Aidan Quinn (1985)
Aidan Quinn (2012)
Só eu achei que envelheceu bem?


2º Mark Blum (Gary)
Mark Blum (1985)
Mark Blum (2012)
Ele deve ter tido alguma doença séria!


3ª Rosanna Arquette (Roberta)
Rosanna Arquette (1985)
Rosanna Arquette (2012)
Coroa bozuda, né?

4º Robert Joy (Jimmy)
 Robert Joy (1985)

Robert Joy (2012)
Geriatria define.


5º e, não menos importante, Madonna (Susan)
                        Madonna (1985)                   Madonna (2012)
A tia continua reinando, né? *_*

Algumas curiosidades sobre o filme:
- No início do projeto as atrizes Diane Keaton e Goldie Hawn estiveram cotadas para interpretar as personagens Roberta e Susan, respectivamente. Entretanto, a Orion Pictures, produtora do filme, desejava que o orçamento ficasse abaixo de US$ 5 milhões, o que fez com que as duas atrizes deixassem o projeto e a diretora Susan Seidelman tivesse que contar com atores pouco conhecidos na época e diversos estreantes no cinema.
- Após ler o roteiro do filme pela 1ª vez a atriz Rosanna Arquette expressou seu desejo em interpretar a personagem Susan. Foi quando os produtores lhe disseram que não a queriam para este personagem, mas sim para interpretar a protagonista Roberta.
- A atriz Ellen Barkin tinha interesse em interpretar a personagem Susan, chegando a ser a 1ª opção dos produtores para o papel. Entretanto, o baixo orçamento do filme e a insistência da diretora Susan Seidelman acabaram beneficiando a contratação de Madonna para o filme.
- Na época das filmagens Madonna estava seguindo uma rigorosa dieta, sendo que na cena em que o roteiro do filme pedia que sua personagem comesse algo ela vomitou assim que a filmagem desta cena chegou ao fim.
- Existe uma versão alterada, que foi exibida na TV norte-americana, em que algumas cenas onde aparecia o World Trade Center foram retiradas. Esta nova versão foi editada após os atentados terroristas sofridos em 11 de setembro de 2001, que derrubaram o World Trade Center.
(Fonte: Adoro Cinema)

19 de março de 2012

Cheiro de toalhas lavadas!

Durante uma conversa daquelas que só temos quando estamos muito ociosos esta tarde, lembrei de algumas situações criadas por mim há 22 anos atrás. Lembrei do aroma do amaciante que minha mãe usava nas toalhas de banho e de como elas eram guardadas em nosso guarda-roupas.

Quando eu era apenas um garotinho tímido e calado, antes de ter uma irmã, eu imaginava e queria saber qual seria a reação da minha mãe se ela me perdesse. Tive a ideia de me esconder dentro do guarda-roupas. Eu não lembro como conseguia, mas tinha uma forma de trancar a porta por dentro. Eu ficava sobre as toalhas, bem confortavelmente, e esperava horas até minha mãe me encontrar.

Ela nunca se desesperou ou sequer imaginou ter me perdido como eu gostaria! Sempre me encontrava. Após a 1ª vez ficou fácil de saber onde me escondia, né? Essa foi a coisa mais ousada que fiz na minha infância. Nunca fugi ou dei algum outro tipo de trabalho pra ela. Ela já tinha trabalho demais me amando.

9 de março de 2012

The Queen is back, bitches! L.U.V. Madonna!

Até este momento eu ainda não tinha me manifestado a respeito do MDNA.
Um dos mais aguardados álbuns do ano tem lançamento previsto para 26 de Março e já teve um single que flopou logo na 2ª semana nos EUA e, sequer teve uma vida, no Reino Unido.


Mas parece que Madonna finalmente mostrou para que veio e do que é feito seu MDNA. Com os teasers de algumas faixas do CD, "Gang Bang" (escrita por Madonna, MIKA e produzida pelo Demolition Crew) me deixou de cabelo em pé! Confiram do que estou falando:


   


Hoje foi liberado 26 segundos do clipe de "Girl Gone Wild". O 2º single não animou muita gente, mas com a energia das imagens muitas opiniões podem mudar. A crítica tem sido unanime em declarar que MDNA é o melhor álbum que Madge já fez e alguns até ousam dizer que ele supera Ray Of Light (ganhador de 6 Grammy Awards) e Confessions On A Dance Floor. Confira o teaser de "Girl Gone Wild" aqui


Das citações sobre o disco as que me chamaram mais atenção foram:


“Os primeiros singles fracos lançados poderiam sugerir que ela estava se perdendo mas há algo muito mais fantástico no álbum. Jovens e clubbers com metade da idade da Madonna terão de admitir que ela ganhou seu espaço na pista de dança com MDNA.”
This is London


“Madonna mostra a nova geração de divas que ainda é a grande rainha. Traz todo o seu currículo pop para restabelecer o domínio feito por outras artistas. MDNA traz toda a correção que os produtores de Hard Candy não conseguiram aplicar. Nicki Minaj grita em I Don’t Give A “Há apenas uma rainha e é a Madonna, sua puta!”. Aonde quer que Lady Gaga esteja, suas orelhas provavelmente estão pegando fogo.”
The Independent


“Enquanto Hard Candy parecia que estava segurando alguma tendência, MDNA é muito mais Madonna sendo apenas Madonna. E isso acaba sendo melhor pra todo mundo.”
MusicOMH


Fonte: MadonnaOnLine

29 de janeiro de 2012

Give Me All Your Luvin'!!!


E a capa do novo single da Madonna? Gostei muito ou amei demais?!!
Lançamento no iTunes + clipe no seu canal do YouTube dia 03/02/2012 e álbum M.D.N.A. completinho em 26/03/2012 (estou excitado).

24 de janeiro de 2012

Governo do Ceará pensa em Madonna para festa de inauguração do novo Castelão!

O relógio do Castelão já está fazendo a contagem regressiva desde o dia 1º de janeiro de 2012 e, ao que tudo indica, terá suas obras finalizadas dentro do prazo exigido pela FIFA. Essa contagem terminará no dia 30 de dezembro deste ano.


Com o ano inteiro pela frente já se pensa em um show de magnitude internacional jamais recebido por Fortaleza. Cogita-se até Madonna! Já é certo que a próxima turnê da rainha do pop passará pela América do Sul e incluirá o Brasil. Isto deve ocorrer no final do ano, na etapa final da 1ª parte da turnê que promoverá seu novo álbum M.D.N.A.


É esperar pra ver e ver pra crer!


Fonte: Jornal "O Povo".

17 de janeiro de 2012

Enquanto isso no Big Brother 12 ...

... do Reino Unido! ;D

Contagem regressiva para o lançamento do novo álbum de Jaci Velasquez!

Está marcado para dia 23/01/2012, às 20:30h (horário de Brasília), um livestream com Jaci Velasquez.
A iniciativa da gravadora InPop Records é mais um investimento na promoção do novo álbum Diamond, que já encontra-se em pré-venda e terá uma edição Deluxe com versões acústicas de antigos sucessos de Jaci.


Para acompanhar e interagir com a cantora, clique aqui!


Vai perder? Nós não!
O lançamento do álbum está marcado para 07/02/2012.

10 de janeiro de 2012

Him & Her foi minha 1ª descoberta de 2012!

Todos vocês já sabem como sou apaixonado por séries britânicas, né? Him & Her (BBC) foi minha 1ª descoberta do ano.


Apesar da série já ter sido renovada e estar caminhando para sua 3ª temporada, só agora conheci Steve e Rebecca. Esse adorável casal compartilha sua intimidade de forma bem explícita (até demais) e, é justamente por isso, que a série se torna interessante.
Por inúmeras vezes até achamos alguns exageros, mas depois percebemos que é tudo mais comum do que imaginamos. Não sou um crítico de cinema ou especialista em seriados. Só falo do que gosto e recomendo Him & Her.


Toda a série se passa dentro do quarto de Steve. Os episódios seriam cansativos se não tivessem apenas 27 minutos de duração, em média. No 1º episódio da 1ª temporada dá para notar a enorme mala de Russel Tovey (Steve). Vale a pena conferir!